voltar para outros artigos

Aprendendo a economizar

Minhas Finanças 2 de outubro de 2015

Admitir que é preciso economizar dinheiro é fácil, colocar a tarefa em prática nem tanto.

Por mais que todos saibam da responsabilidade, o apelo e estímulos recebidos da televisão, Internet ou até por uma conversa com os amigos, muitas vezes podem destruir projetos e sonhos de longo prazo por despertarem um comportamento quase compulsivo em diferentes níveis nas pessoas.

Esse comportamento acontece porque o ser humano tende a dar mais valor para aquilo que pode ter agora do que o que virá no futuro. Do mesmo modo, o impacto de gastos necessários agora é mais forte do que aqueles que só acontecerão futuramente.

Ter consciência desse comportamento imediatista não significa não ser capaz de se comprometer com objetivos de longo prazo. Conhecer como a mente funciona é a chave para ficar mais vigilante. Além de algumas dicas para criar motivação para atingir seus objetivos de longo prazo.

Não poupe dinheiro somente por poupar, tire um tempo para pensar em como está a sua vida neste momento, em quais projetos está envolvido que pode trazer resultados a longo prazo e o que precisa ser corrigido. Faça um balanço sobre a forma como você está conduzindo sua carreira, os investimentos que tem feito em si mesmo e como você está contribuindo para o seu futuro. Dentro dessa reflexão, pense na maneira como você lida com seu dinheiro hoje, identificando o que precisa ser mudado.

Estabeleça metas com prazos definidos, por exemplo, no próximo ano você quer fazer uma viagem internacional e começar uma especialização na sua área de formação. Daqui a cinco anos comprar um imóvel, em dez anos quer ter as bases para um patrimônio sólido na sua aposentadoria, enfim, tente imaginar o que você pretende para sua vida futuramente e estabeleça metas. Enxergar um objetivo lá na frente é o que vai lhe dar motivação para abrir mão de satisfações momentâneas e guardar dinheiro.

Nossa mente se interessa por jogos e não apenas por uma questão de lazer, mas porque desafios criam engajamento. Por isso, quando você estabelece uma meta no jogo, como por exemplo passar de fase, fazer uma alta pontuação ou vencer um oponente, e consegue conquistá-la, seu cérebro responde com a produção de dopamina, responsável pela sensação de prazer. Essa substância, ajudará você a manter-se motivado a dar o próximo passo, e a alcançar uma nova conquista.

Sabendo disso, pense na economia de dinheiro como um jogo. Estabeleça a meta e sua recompensa. Monte um painel ou faça uma planilha e deixe de forma bem visível para não perder o foco. Ao longo da semana, vá anotando os gastos que cortou para alcançar seu objetivo.

Ao final, sua conquista terá um sabor mais especial, e relembrá-la vai te ajudar a manter-se motivado para continuar economizando. Se neste mês você conseguiu economizar 10% a mais do seu salário, use isso como degrau para chegar a 15% no mês seguinte, 20% no próximo e por aí em diante até atingir um percentual razoável, onde haja equilíbrio entre suas despesas e economias, curtindo o presente com o seu pé de meia para o futuro.

O que achou deste artigo? Clique no menu Contato e deixe seu feedback.