voltar para outros artigos

De bicicleta para o trabalho

Bem-estar & Saúde 4 de novembro de 2015

As vantagens de ir para o trabalho de bicicleta são muitas. Além dos benefícios do exercício físico, os gastos não se comparam aos de um carro ou mesmo do transporte coletivo. Muitos pensam duas vezes em adotar esse meio de transporte por receio de chegar desarrumado no trabalho e por preguiça, fazendo com que muitos desistam da ideia.

Para mostrar que não é tão difícil deixar o carro e apostar na bicicleta, veja algumas dicas para começar a adotar esse estilo de vida:

  1. Comece aos poucos

Antes de sair com a magrela para o trabalho, é preciso que você esteja consciente do esforço e conheça o percurso que fará. Se não houver preparação, aí sim, você vai chegar suado, cansado e estressado. O ideal é que você se acostume a pedalar no dia a dia antes de adotar a bicicleta como um meio de locomoção. Uma boa alternativa para a fase de transição e para entrar no ritmo é pedalar em grupo e nos fins de semana.

  1. Cuidado com a roupa

A roupa que você usa para pedalar faz toda diferença. Lembre-se: você está ao ar livre e fazendo esforço, logo vai transpirar. Para quem vai de bike até o trabalho, a solução é deixar algumas peças de roupa no local de trabalho. Assim, se você suou bastante, basta trocar de roupa quando chegar. Colocar cestas ou suportes na bicicleta, aumenta a praticidade e fica mais fácil levar roupas e assessórios como laptops, bolsas, carteiras e até mochilas para onde quer que vá.

  1. Use o tempo ao seu favor

Mesmo que o trajeto de casa para o trabalho seja, muitas vezes, mais rápido de bicicleta do que de carro, é aconselhável sair com pelo menos 15 minutos de folga, assim, você ganha tempo para se recompor quando chegar. Além disso, usar a bicicleta como meio de transporte é diferente de usá-la para fazer exercício. O ritmo deve ser mais lento, já que pedalar muito rápido faz com que o corpo transpire mais. Escolha o melhor caminho. Nem sempre o caminho mais rápido de carro é o melhor para fazer de bicicleta.

  1. Fique atento ao clima

Crie o costume de seguir a previsão do tempo. Quando o clima está muito seco e quente, use filtro solar e óculos escuros para se proteger, e sobretudo evite pedalar nos horários em que o sol está mais forte. Em dias nublados, leve uma capa de chuva e uma roupa extra, por precaução.

  1. Use acessórios

Capacete e luva são acessórios indispensáveis para quem quer começar a andar de bicicleta. Proteger a cabeça de um possível impacto e manter as mãos secas e firmes são dicas de segurança importantíssimas.

  1. Iluminação adequada

Daniel Webster, da Auditoria Interna da Sistel, tem o hábito de vir de bike para o trabalho e costuma pedalar em média 140 quilômetros por semana. A dica dele é ter uma iluminação diferenciada na bicicleta para que carros e motos possam visualizar você. A noite a iluminação é obrigatória segundo o Código de Trânsito Brasileiro, que obriga a bike a possuir refletores na dianteira, na traseira e nas laterais. Mas mesmo com o dia claro, é importante manter a iluminação ligada para que, mesmo de longe, o motorista de carro consiga te enxergar bem.

E se você ainda não tem uma bicicleta ou quer trocar a sua, confira as promoções dos parceiros do Clube Sistel.