voltar para outros artigos

Maio em Portugal

Embarque Nessa 1 de maio de 2016

O mês de maio é muito convidativo para os brasileiros conhecerem Portugal. É primavera, o país está florido, quase não chove, a temperatura é agradável (sem os rigores do inverno) e, além do mais, os preços para o turismo são menores do que os praticados na alta temporada.

A viagem pode começar por Lisboa, cidade com estilo de vida mediterrâneo à beira do Atlântico. Conhecê-la é revisitar parte do nosso passado histórico e cultural e, ao mesmo tempo, conhecer a dinâmica da Europa Comunitária.

O Castelo de São Jorge recebeu esse nome no século 14 quando passou a sediar a Casa Real Portuguesa, mas foi construído pelos mulçumanos no século 11. Enquanto a cidade crescia, a fortaleza a protegia das invasões estrangeiras. Atualmente, é dos locais preferidos pelos visitantes.

O Terreiro do Paço é o local para onde foi transferido o palácio dos reis portugueses, agora abriga ministérios e outros órgãos públicos. Fica localizado à beira do Rio Tejo. Os edifícios e monumentos apresentam uma rica e imponente arquitetura. O lugar dispõe de inúmeros restaurantes e cafés tradicionais e aconchegantes.

O Bairro Chiado, reduto da boemia, onde sempre se reuniram artistas e intelectuais é um dos mais belos da cidade. Ali fica localizado o Café à Brasileira, que tem à sua frente a famosa estátua de Fernando Pessoa sentado à mesa. Ao saborear uma meia de leite e um pastel de natas, o visitante acompanha o fluir da vida dos lisboetas.

O monumento Padrão dos Descobrimentos (1940-1960) demarca a área de onde partiram as primeiras caravelas da era dos descobrimentos, trata-se da freguesia de Belém. Na região, em 1498, D. Manuel I, decidiu homenagear a memória do Infante D. Henrique, pioneiro das navegações, mandando construir o majestoso Mosteiro dos Jerônimos. O Venturoso determinou, ainda, que fosse erigida a Torre de Belém para proteger o Rio Tejo dos aventureiros.

A revitalização das docas da freguesia de Alcântara proporciona aos turistas espaços de passeio e convívio, além de qualificados restaurantes e casas noturnas.

O Oceanário de Lisboa, localizado no Parque das Nações, foi edificado para a Expo Mundial em 1998 e ocupa uma área de 22 mil metros quadrados. O complexo exibi mais de 500 espécies da vida marinha de todo o planeta, expostos em 30 aquários que utilizam 7.500.000 litros de água.

Em contínuo à capital estão as belas cidades de Cascais, Sintra e Estoril que não se deve deixar de conhecer.

Para o turismo religioso, o mês de maio é uma ocasião muito convidativa por tratar-se do mês de Maria, segundo a tradição católica. Por essa razão, visitar o Santuário de Fátima será, certamente, uma experiência propicia para a reflexão e o autoconhecimento.

No dia 13 de maio é rememorada a aparição de Maria Santíssima a três crianças, no ano de 1917. Enquanto apascentavam um pequeno rebanho na Cova da Iria, os pequeninos disseram ter visto sobre uma azinheira “uma senhora mais branca que o sol”. Nesse exato local existe hoje uma capelinha, na qual os peregrinos oram.

O Santuário de Fátima, um dos mais importantes do mundo, dispõe de uma esplanada de quase um quilômetro para reunir os devotos e visitantes. É formado pela Basílica de Nossa Senhora do Rosário de Fátima, pelo Monumento ao Sagrado Coração de Jesus e pela Basílica da Santíssima Trindade. O ambiente está sendo preparado para comemorar o centenário das aparições em 2017.

O norte de Portugal é muito ligado à imigração de portugueses para o Brasil e, ali, se localiza a segunda cidade mais importante do país, o Porto. Em seu centro histórico encontra-se a Igreja de Nossa Senhora da Lapa, na qual repousa o coração de D. Pedro IV, primeiro do Brasil, que o doou à cidade que lhe foi fiel nas horas de luta.

Na freguesia da Foz, o Rio Douro encontra-se com o Atlântico e as águas misturam-se produzindo matizes de cores harmoniosas e relaxantes. Contemplar o pôr do sol dos caramanchões distribuídos pelos jardins é um prazer que revigora o espírito.

A Ribeira faz parte do Patrimônio Mundial reconhecido pela UNESCO, situada junto ao rio, têm ruas estreitas, casas típicas e fachadas multicoloridas. De onde se aprecia a Ponte D. Luís I e as Caves de Vinho do Porto em Vila Nova de Gaia, enquanto saboreiam-se pratos típicos da rica culinária portuense.

A cidade é culturalmente viva e rica de referências para desvendar muitos aspectos da maneira de ser e de pensar do povo brasileiro.

Para programar a sua viagem a Portugal acesse o Clube Sistel www.clubesistel.com.br e conte com o apoio da Bancorbrás Turismo.