voltar para outros artigos

Ouvir música melhora a vida

Bem-estar & Saúde 2 de fevereiro de 2016

A música marca momentos especiais para as pessoas. A memória emocional associa fatos e acontecimentos a determinadas melodias ou canções. Os casais sempre escolhem um tema musical para a sua vida em comum. É visível o entusiasmo das pessoas quando falam do gênero, compositor ou intérprete preferido.

Para o filósofo Nietzsche, a vida sem a música seria um erro. Talvez, ela seja essencial por ter origem metafísica, conforme descreveu o genial João Nogueira em “O poder da criação”:

Não, ninguém faz samba só porque prefere

Força nenhuma no mundo interfere

Sobre o poder da criação

Não, não precisa se estar nem feliz nem aflito

Nem se refugiar em lugar mais bonito

Em busca da inspiração

 

Não, ela é uma luz que chega de repente

Com a rapidez de uma estrela cadente

E acende a mente e o coração

É, faz pensar

Que existe uma força maior que nos guia

Que está no ar

Vem no meio da noite ou no claro do dia

Chega a nos angustiar

E o poeta se deixa levar por essa magia

E um verso vem vindo e vem vindo uma melodia

E o povo começa a cantar!

 

Já o cientista, Masaru Emoto, demonstrou em suas experiências que a música modifica a estrutura das moléculas da água. Por consequência, mexe com o corpo e o cérebro, que são formados, respectivamente, por 70 e 93% daquele líquido vital. O pesquisador japonês concluiu que a boa música, assim como os pensamentos felizes, fortalece o sistema imunológico.

O feto, a partir da 14ª semana de gestação, já é capaz de ouvir o som do coração de sua mãe. As canções de ninar produzem um efeito de calma e relaxamento nos bebês. A pediatra Ana Escobar e a musicoterapeuta Marly Chagas, falando ao portal G1, explicaram que a música “nos desperta interiormente e faz com que as estruturas psíquicas sejam harmonizadas. Entramos em contato com nosso próprio ritmo interior, com nossas emoções e impulsos”. A razão química desse benefício é a liberação da dopamina.

A vivência musical induz ao movimento, melhora a comunicação, cria vínculos, ameniza a dor, acalma, fortalece a memória e contribui para o autoconhecimento, defendem.

Por isso, vale a pena utilizar os recursos da tecnologia para ter sempre por perto as melodias prediletas. Aplicativos para celulares ou tabletes disponibilizam milhões de músicas, inclusive gratuitamente. É o caso, por exemplo, do Freegal Music disponível para os sistemas operacionais iOS e Android.

A sabedoria popular, mais uma vez, está com a razão: “quem canta seus males espanta”, a música de fato torna a vida melhor.




  1. Maria de Lourdes disse:

    Sim. Ouvir música é uma das melhores coisas da vida. Levanta o astral, alegra, traz emoções, lembranças… se vc estiver executando uma tarefa chata, desgastante, como por exemplo:
    fazer faxina na casa ou outra, coloque música, que vc nem sente o tempo passar e qdo menos espera terminou sem tanto cansaço.

    • Jaqueline disse:

      Ouvir música é bom demais mesmo, Maria!

      Nos faz até mudarmos o nosso humor dependendo do ritmo, da letra, de tudo.

      Ficamos felizes em saber que sua vida também melhora com ela.

      Um abraço, Jaqueline Lima.