voltar para outros artigos

Pacote Preventivo: Exame de PSA é igual ao exame do toque retal?

Você Sabia? 10 de janeiro de 2018

O exame de PSA (antígeno prostático específico), um dos solicitados em nosso Pacote de Exames Preventivos, é um dos principais exames solicitados pelos urologistas na tentativa de identificar precocemente o câncer de próstata. Trata-se de um exame de sangue comum, coletado da mesma forma que qualquer outro exame de sangue, mas com algumas recomendações.

De acordo com o Gazeta do Povo, o exame busca identificar a proteína produzida pela próstata, é importante que o paciente tome alguns cuidados, como deixar de andar longas distâncias de bicicleta, não cavalgar e nem ejacular entre dois a três dias antes do exame. “Esses cuidados é para que se tenha o valor mais correto.

Também é recomendado que, se a pessoa fez uma biópsia na próstata, que fique um período em descanso antes de fazer o exame. E recomenda-se também que o exame do toque seja feito depois do PSA”, explica Marcos Kozlowski, bioquímico responsável técnico do laboratório LANAC.

jejum, prática comum para outros exames de sangue, não faz diferença nesse caso. Porém, como o PSA é coletado, normalmente, no mesmo dia em que o hemograma e o colesterol, que exigem jejum, a prática não interfere no resultado.

Como explicado no site saude.abril.com.br, o PSA é solicitado no início das investigações médicas e o exame de toque retal apenas complementa o diagnóstico apenas quando necessário e solicitado pelo médico.

Aliás, o toque retal – ainda cercado de preconceitos bobos – não seria indicado para o rastreamento inicial do câncer de próstata, mas é frequentemente pedido por ser rápido e barato. É necessário sempre conversar com um profissional para avaliar o caso especificamente.