voltar para outros artigos

Quando o atraso de pagamento pode causar suspensão e cancelamento no PAMA-PCE?

Você Sabia? 18 de dezembro de 2017

Existem algumas dúvidas a respeito do que provoca suspensão e cancelamento no PAMA-PCE, para ajudar a esclarecê-las conversamos com os colaboradores Marcos Macêdo, há dois anos como Técnico de Saúde, e Raquel de Sousa Cunha Lemos, que está há 10 anos na Sistel.

Vale a pena conferir os esclarecimentos e as dicas que eles trazem. Vamos lá!

Como deve ser feita a contagem de dias de inadimplência no Plano PAMA-PCE?

A contagem de dias de inadimplência tem início sempre na data de aniversário do plano. Por exemplo, usuário que fez adesão ao plano em 1º março 2017, o período a ser contabilizado vai de 1º de março de 2017 a 28 de fevereiro de 2018.

Em todos os anos, no aniversário da adesão, o contador de inadimplência é reiniciado, no exemplo acima, dia 1º de março.

Conforme prevê o artigo 11 do Regulamento do PAMA-PCE, será cancelada a inscrição do usuário que deixar de efetuar pagamento por período superior a 60 dias, consecutivos ou não, durante o período de 12 meses.

O que caracteriza a suspensão, quais são os seus efeitos e como evitá-la?

Conforme o artigo 12 do Regulamento PAMA-PCE, a suspensão ocorre quando são acumulados mais de 30 dias consecutivos de inadimplência.

As despesas realizadas durante a suspensão são cobradas integralmente e à vista, por isso, é preciso muita atenção para não ter o plano suspenso.

Para evitar a suspensão: basta não atrasar o pagamento do boleto.

Atenção! A Sistel encaminha, mensalmente, alerta sobre a necessidade de pagamento impresso no boleto e via SMS, por isso o usuário precisa manter os seus dados atualizados.

Quem estiver com o plano suspenso, o que deve fazer?

O usuário precisa efetuar o pagamento do boleto imediatamente. Ao quitar o débito, o plano será reativado. Deverá  também ficar atento à contagem dos dias de inadimplência acumulados, pois são contabilizados para fins de cancelamento.

É importante ressaltar que, ao tomar ciência da suspensão, o usuário não deve utilizar o plano até regularizar a situação, sob risco de ter a despesa cobrada integralmente e à vista.

O que caracteriza o cancelamento e quais são as suas consequências?

O cancelamento ocorre quando são contabilizados 60 dias de inadimplência, sejam eles consecutivos ou não.

Quando o plano é cancelado, o usuário perde a vinculação, portanto, para retornar precisará efetuar nova adesão. Neste caso, passará a pagar o valor da tabela vigente (nova contribuição com valor maior), além de cumprir carência.

O plano cancelado pode ser reativado?

Não existe reativação de plano cancelado.

O usuário poderá retornar ao PAMA-PCE mediante nova adesão, para isso será necessário enviar novo formulário de adesão devidamente assinado, com firma reconhecida e demonstrativo do benefício do INSS. Para a inclusão de dependentes, o usuário deverá encaminhar a documentação necessária para comprovação.

Caso opte por voltar ao PAMA, será necessário enviar carta à Sistel com a formalização do pedido e com firma reconhecida. A nova adesão ocorrerá em conformidade com as regras previstas no regulamento.

Outras informações úteis

É importante ressaltar que os dias de inadimplência, computados na suspensão, são utilizados para fins de cancelamento. Então, o plano será cancelado, se depois da suspensão, o usuário voltar a atrasar mais 30 dias.

Ao pagar o boleto, o usuário acredita que o período de inadimplência será excluído. Entretanto, os dias de inadimplência, sejam consecutivos ou não, são contados e acumulam no período de 12 meses, portanto, é preciso manter o pagamento em dia.

Atualizado em 26/12/2017:

O usuário que decidir retornar ao PAMA-PCE depois do seu cancelamento, fará a adesão de acordo com a tabela vigente no ano. Ou seja, com a contribuição atualizada.




  1. Arley loureiro machado disse:

    O boleto só tem chegado em atraso o pagamento. Me trazendo muito transtorno além de me cobrarem juros e fazer pagamento no Banco do Brasil , que fica longe donde moro . Todos mês a mesma coisa . Até o mim pagar eu tenho que ligar o vcs a procura do boleto que não chega antes do vencimento.

    • Jaqueline disse:

      Olá Arley, bom-dia!

      O boleto tem sido enviado com antecedência todos os meses. O que ocorre é que pode estar ocorrendo atrasos pelo próprio correio.

      Nesses casos, sempre orientamos que o Assistido busque outros meios para realizar o pagamento antes que o boleto vença. Por exemplo:

      – Disponibilizamos a nossa Central de Relacionamento no número 0800 602 1801 para que o senhor possa solicitar o código de barras do boleto ou até que o boleto seja enviado para o seu e-mail;
      – Disponibilizamos o Portal Sistel, onde o senhor pode retirar o boleto em sua área restrita
      – Atendemos via Fale Conosco, Central de Relacionamento e Facebook;
      – Enviamos mensagem no seu celular com o código para pagamento;
      – Enviamos e-mail com o código de barras também.

      Todas essas opções podem ser utilizadas para que o senhor não pague atrasado.

      Esclarecemos também, que mesmo que o senhor pague atrasado, é possível realizar o pagamento em outro banco. O que é necessário que o senhor faça é atualizar esse boleto no site do banco do brasil.

      Agradecemos pelo seu comentário, permanecemos à disposição!

      Atenciosamente,
      Jaqueline Lima

  2. WALDY APPARECIDO DOS SANTOS disse:

    hoje é dia 8/jan/2018 e ainda não recebi o boleto com vencimento previsto para o próximo dia 12 sexta feira.
    Não há atraso no recebimento de outras correspondencias, na minha região.
    Tenho dificuldade de emissão de boleto, pois não possuo impressora.
    Sinto que nessa parte de remessa de docs, nós idosos estamos sendo constrangidos a usar sempre a internet. Não concordo com esse tipo de pressão. Sou fundador da Sistel e acreditei nela desde o inicio. Mereço mais atenção e não pressão para me filiar aos jovens internautas. Abraço fraternal.

    • Jaqueline disse:

      Olá Waldy, bom-dia!

      Compreendemos a sua insatisfação, porém os boletos estão sendo sempre encaminhados com antecedência para a sua residência. De forma alguma queremos obrigar o senhor a acessar a internet, apenas estamos dando outros meios para que o senhor consiga retirar o boleto e evitar a contagem de dias de inadimplência.

      O senhor pode também nos contatar em nossa Central de Relacionamento no número 0800 602 1801. O horário de funcionamento da Central é de 7h às 19h.

      Atenciosamente,
      Jaqueline Lima