voltar para outros artigos

Turismo comunitário solidário

Bem-estar & Saúde 1 de agosto de 2016

Em 2015, as Nações Unidas (ONU) reconheceram que o turismo pode se tornar uma das atividades que mais contribuirão para o desenvolvimento sustentável. Trata-se de um setor capaz de gerar trabalho e renda valorizando as culturas locais. Por isso, a atividade foi incluída no Oitavo Objetivo Global a ser atingido pela humanidade até 2030.

Além da grande indústria turística, o turismo comunitário solidário vem ganhando força em todo o planeta. Nesse novo modelo, a atração mais importante é o modo de vida das populações locais.

As comunidades são as proprietárias, líderes e gestoras do negócio. Objetiva-se, dessa forma, melhorar a qualidade de vida das pessoas e conservar o meio ambiente, ao mesmo tempo em que o visitante recebe a oportunidade de conhecer mais profundamente as regiões visitadas e ter novas experiências que o turismo tradicional não possibilita.

O turista é recebido como a visita especial na casa de um sertanejo ou na convivência de um quilombo. Passa a acompanhar a lida de um pantaneiro ou compartilhar os saberes de artesãos e artistas populares. Assim, o visitante deixa de ser apenas um observador e passa a interagir com a diversidade.

Entre as iniciativas de turismo comunitário solidário que existem no Brasil, encontra-se o Projeto Bagagem, articulador da Rede Turisol formada por 23 iniciativas locais que oferecem diversos roteiros como, por exemplo:  “Amazônia Ribeirinha” na cidade de Santarém, estado do Pará; “Raízes de Paraty” no estado do Rio de Janeiro, ou, ainda, “Acolhida Colônia” em Santa Rosa de Lima, Santa Catarina.

A Rede Tucum se destaca oferecendo quatro roteiros e diversos pacotes temáticos em quatorze iniciativas espalhadas pelo Ceará. Em Minas Gerais são vinte e dois destinos e mais de cinquenta produtos turísticos reunidos no Programa Turismo Solidário.

Para realizar passeios e roteiros nessa nova modalidade basta acessar os sites projetobagagem.orgtucum.org e turismosolidario.com.br